Início » Propostas » Proposta prá eliminaçom de tôdolos “h” mudos

Proposta prá eliminaçom de tôdolos “h” mudos

Eliminarám-se tôdolos h mudos, como já fez a língua italiã. Passará-se a escrever omem, otel, oje, ospital, umidade, umedém, aver… Esta situaçom é máis favorável pro uso dos apóstrofos, já que simplesmente averá a opçom d ́usá-los cando for sucedidos por vogal.

Obviamente, os agás (h) nom mudos seriam mantidos. Á algũus casos nos que o h é mudo nũas variantes da nossa língua e pronunciado noutras. Nesse caso, admitirá-se a dupla grafia.

Exemplos: háquer, hóquei/óquei, hámster, jihadista, handebol/andebol, Sáhara/Saara/Sáara/Sara, bahamense/baamense…

Só existe um probrema: o verbo aver. A terceira pessoa do singular do presente do indicativo (há) passará a ser “á”. Isto poderia levar a ũa confusom coa variante galega de “asa” (á). Ũa possível soluçom é usar o acento circunflexo neste caso, já que na Galiza tôdolos “a” se pronunciam igual (ou praticamente) e no resto da galaicofonia utilizam “asa”. Portanto, os acentos diacríticos no “a” seriam:

a Preposiçom, artigo e nome da primeira letra do alfabeto
á Terceira pessoa do singular do presente de indicativo do verbo aver
à Contraçom a+a
â Asa

Destas formas, todas têm plurais (as, às e âs); salvo “á”, que é invariável.

Cómpre dizer que a eliminaçom de tôdolos h nom é um invento moderno, já que em várias cantigas da Idade Média se podem atopar formas como “aver” ou “ome”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s